top of page
Buscar
  • Foto do escritorariane877

PROJETOS DE ARBORIZAÇÃO URBANA, O QUE SÃO?



Projetos de arborização urbana são planos estratégicos para suprir a cidade de árvores atendendo critérios de bem-estar e segurança da população.


Uma cidade com reservas, parques e árvores em profusão oferece melhor qualidade de vida para seus habitantes. São também uma ótima opção de lazer e convivência social.


O crescimento desordenado e a falta de planejamento urbano, no entanto, têm comprometido as áreas verdes das cidades. É vital repensar as prioridades e políticas públicas, antes de atingir níveis críticos.


Quer saber mais sobre projetos de arborização urbana? Leia um pouco mais sobre o assunto!

Como elaborar projetos de arborização urbana.


A OMS recomenda, no mínimo, 12 m² de área verde por habitante, isso equivale a um terço do ideal, estimado em 36 m². A cidade de Estocolmo possui 86 m² por habitante e se tornou uma referência mundial.


A distribuição de árvores no espaço urbano precisa ser monitorada para manter a proporção com os habitantes. Lembrando que, um projeto de arborização urbana adequado reduz o impacto da poluição e regula a emissão de ruídos.


Ademais, áreas verdes são essenciais ao equilíbrio da sensação térmica, temperaturas e umidade do ar. É indiscutível que tais condições são fundamentais à saúde da população.

Apesar de ser tão importante, essa questão é muitas vezes ignorada. Todavia as prefeituras podem criar planos de arborização urbana a qualquer tempo. Novos loteamentos também devem ser aprovados após a elaboração de um projeto de arborização urbana, garantindo o plantio de árvores e seus benefícios para os futuros moradores.


Para fazê-lo, o especialista ambiental avalia o movimento e ocupação do espaço urbano e suas características:


Calçadas (largura, presença de hidrantes e placas de sinalização);

Disposição da rede elétrica;

Proximidade de imóveis/garagens;

Rede de água e esgoto;

Linhas de ônibus, esquinas, semáforos.

Um projeto de arborização urbana precisa considerar a estrutura completa da árvore ao atingir a idade adulta.


É necessário avaliar, em especial, a extensão que deverão atingir suas raízes e o tempo médio de crescimento. Outro aspecto essencial é sua interação com o espaço ao redor.

Projetos de arborização urbana enfrentam desafios com redes subterrâneas de gás, água e esgoto. Além disso, precisam resolver questões relacionadas à rede de energia elétrica e cabos em geral.


Necessidade de um projeto de arborização urbana e desafios


A população precisa ser educada e informada sobre as espécies que podem ser plantadas em suas propriedades e calçadas.


Não é raro depois de adultas inúmeras árvores precisarem ser derrubadas por atingirem dimensões inadequadas ao lugar onde foram plantadas.


A sustentação da árvore é proporcional ao seu tamanho naturalmente, entretanto, raízes impedidas de crescer suficientemente, se adaptam como podem.


Raízes que se desenvolvem inadequadamente comprometem a estrutura da árvore e assim elas não suportam ventos e temporais. Frágeis, elas caem em algum momento inesperado, tornando-se um perigo.


Fica evidente, dessa forma, que o plantio aleatório não substitui um projeto de arborização funcional, que faça previsões a longo prazo.


Sendo que até mesmo cidades bem arborizadas podem ter suas áreas verdes mal distribuídas, por falta de um projeto global.


No Brasil popularizou-se em muitas cidades a prática de bebês recém-nascidos receberem uma muda de árvore ao deixarem o hospital.


É um incentivo interessante para que o número de árvores acompanhe o aumento populacional e deve ser estimulado.


Entretanto, iniciativas como essa devem ser guiadas por um projeto de arborização urbana consistente, amplo, orientado e monitorado. Tal projeto selecionará as espécies nativas fisiologicamente adaptadas ao clima, condições do solo, resistência a doenças e também adequadas às condições de ocupação da área do entorno, volumetrias das edificações projetadas, perspectivas visuais e fluxos de pedestres e de veículos.


Um novo olhar precisa ser direcionado para o espaço urbano, trata-se de uma questão social, de saúde e sustentabilidade.


A Zelena Ambiental busca entender os problemas ambientais urbanos e encontrar as melhores soluções para o presente e para as gerações futuras.

42 visualizações0 comentário

תגובות


bottom of page